Cuidar do armazenamento de produtos odontológicos dentro da gestão de estoque é importante

Como armazenar produtos odontológicos? Dicas para melhorar a gestão de estoque

Você sabe por que cuidar do armazenamento dos produtos odontológicos é tão importante? Isso é o que nós vamos te contar neste artigo!

É trabalhoso, mas sua clínica deve se preocupar em fazer uma boa gestão de estoque e garantir ter sempre os produtos odontológicos necessários.  Por que? Por várias razões, como não ficar sem material, otimizar processos, reduzir custos, evitar perdas e economizar espaço.

Estes são apenas alguns exemplos para mostrar que uma boa gestão de estoque traz vários benefícios. Confira nossas dicas para o setor!

1º Organize as informações

Para gerir bem um estoque, o primeiro passo é saber o que existe lá. Você deve ter as informações de quantidade, validade, local de armazenamento de cada item usado na clínica.

E não basta apenas compilar os dados, eles devem ser precisos, para que não haja sobras e nem falta de produtos. Outro ponto importante é que as informações devem ser de fácil acesso para não atrasar nenhum processo. 

Um software de gestão é ideal para mapear e ajudar a solucionar os problemas para gestão de estoque.

2º Estabeleça as quantidades ideais para o estoque da sua clínica

Não é nada inteligente lotar o seu estoque com produtos que têm uma demanda de saída lenta. Mas você também não deve ficar sem nada de material x ou y. O ideal é encontrar o equilíbrio, assim o seu estoque estará sempre abastecido com aquilo que é importante.

Isso também facilita as negociações com o fornecedor e melhora a sua gestão de estoque de produtos odontológicos.

3º Estabeleça o controle de todas as entradas e saídas

E temos aqui a dica de ouro! Para ter dados precisos, você precisa saber exatamente quais os produtos que entraram, quantos saíram e se houveram produtos perdidos.

E para isso, mantenha os registros de datas e horários de todas as movimentações do seu estoque, e também o nome do colaborador responsável pela entrada ou saída.

Além de manter uma organização melhor e segura para o seu estoque de produtos odontológicos, esses registros ajudam a melhorar a sua percepção de tempo que cada item fica armazenado. Isso ajudará na hora de comprar produtos para montagem do estoque.

O controle pode ser feito com planilhas ou um software, sendo a segunda opção mais moderna e eficiente.

4º Busque bons fornecedores

Você ganha mais se contar com fornecedores de qualidade, tanto do ponto de vista organizacional quanto do ponto de vista financeiro.

Por isso, encontre empresas que mostrem ter compromisso com a sua clínica. Que garantam pronto atendimento, entrega rápida e cobranças adequadas. Além disso, você deve avaliar a confiabilidade do seu fornecedor e a qualidade dos produtos odontológicos oferecidos por ele.

Leia mais:  As vantagens de adotar um software de gestão hospitalar

5º Organize fisicamente o espaço

As dicas acima são muito importantes e podem trazer excelentes resultados, mas serão inúteis se você não mantiver o seu estoque organizado fisicamente. Pilhas e mais pilhas de produtos odontológicos misturados e desorganizados, vão tornar o  trabalho mais difícil e menos ágil.

Catalogue todos os produtos odontológicos e os organize em categorias. Você pode separar por tipo, marca, tamanho, função, etc. Mas mantenha-os sempre organizados.

Gostou das dicas? Continue conosco e leia também: Descubra 9 passos para melhorar a gestão da sua equipe de saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>